Uma corrida de Taxi

Pegando um taxi

Pegando um taxi

A história de Edu.

Edu é motorista de taxi em Fortaleza, Ceará. É um jovem que passou por um treinamento para se qualificar e atender melhor os passageiros. Ele fez um curso patrocinado pelo sindicato dos motoristas de taxi. E aprendeu muitas coisas. A primeira e mais importante foi entender a necessidade do passageiro e esforçar-se na comunicação, ouvir com atenção, pegar a bagagem com educação, verificar o endereço de destino, saber informar o valor aproximado da corrida, etc.

Para atender passageiros estrangeiros, aprendeu as noções básicas de inglês. E acabou fazendo algumas fichas – como aquelas da escola – de papel mais encorpado e escreveu várias palavras e expressões ‘salvadoras’ como ele mesmo define. Mandou plastificar e guarda no porta-luvas do carro. Sempre que pode, está lá repetindo, pois deseja ter segurança e habilidade para falar e também entender as respostas em inglês. No ponto de taxi ele está sempre estudando e falando, até gravou alguns podcasts que encontrou num site muito bom.

Hoje ele está no Aeroporto Internacional Pinto Martins para mais um dia de trabalho. Roupas e cabelo em ordem, o carro limpo por fora e por dentro, aguarda na fila o momento de atender um passageiro.

Quando o cliente se aproximou e falou – Good morning – ele sorriu e pensou ‘Vai ser agora o teste do meu inglês’.

Aeroporto de Fortaleza

Aeroporto de Fortaleza

Diálogo 1.

 

Passenger – Good morning! Are you free?

Passageiro – Bom dia! Está livre?

 

Edu – Good morning, sir! Yes, I am free.

Edu – Bom dia! Sim, estou livre.

 

Edu – Would you please, get in the car?

Edu – Entre no carro, por favor.

 

Passenger – OK, thank you.

Passageiro – OK, muito obrigado.

 

Edu – Can I help you with your baggage?

Edu – Posso ajudá-lo com a bagagem?

 

Passenger – Yes, of course, please!

Passageiro – Sim, claro, por favor!

 

Edu – Can I turn on the air conditioning?

Edu – Posso ligar o ar condicionado?

 

Passenger – Yes, please, it’s hot today.

Passageiro – Sim, por favor, está quente hoje.

 

Diálogo 2.

 

Edu – What’s the address?

Edu – Qual é o endereço?

 

Passenger – I wrote down in this paper: 2222, Alberto Craveiro Ave., Hotel, Hotel Wirapu…

Passageiro – Eu anotei neste papel: Avenida Alberto Craveiro, 2222, Hotel, Hotel Wirapu…

 

Edu – OK, I know that Hotel, it’s the Wirapu’ru, Hotel Doroteias. I’ll take you there. In ten minutes we’ll be there.

Edu – OK, eu conheço esse Hotel, é o Wirwpu’ru, Hotel Doroteias. Eu vou leva-lo até lá. Em dez minutos estaremos lá.

 

Passenger – Is that Hotel very far from the beach?

Passageiro – Esse Hotel fica muito longe da praia?

 

Edu – Yes, it’s quite far from the beach, you’ll need a taxi.

Edu – Sim, ele fica bem distante da praia, você vai precisar de um taxi.

 

Diálogo 3.

 

Edu – Well, sir, we arrived to your destination.

Edu – Bem, senhor, chegamos ao seu destino.

 

Passenger – How much is it?

Passageiro – Quanto é?

 

Edu – It’s R$ 40,00.

Edu – É R$ 40,00.

 

Passenger – Thanks there you go!

Passageiro – Aqui está!

 

Edu – Out of fifty, that’s R$ 10,00 change.

Edu – Tirando de cinquenta, aqui estão os R$ 10,00 de troco.

 

Passenger – Thank you very much. Have a nice day.

Passageiro – Muito obrigado, tenha um bom dia.

 

Edu – Have a nice day too. Sir, would you like to take my business card? If you need my services tomorrow, just give me a call, OK?

Edu – Tenha um bom dia também. O senhor gostaria de pegar meu cartão de visita? Se precisar de meus serviços, apenas me telefone, OK?

 

Passenger – Oh, yes, of course, you are a very polite young man. I’ll call you early in the morning. I’d like to go to the beach.

Passageiro – Ah, sim, claro, você é um jovem muito educado. Vou chama-lo amanhã cedo. Eu gostaria de ir à praia.

 

Edu – OK, good bye then. I’ll wait for your call.

Edu – OK, então até logo. Aguardo o seu chamado.

 

Passenger – Bye bye

Passageiro – Até logo.

 

Olá, deixe um comentário e respondo logo que puder